Certificação ATEX

DIRETIVA ATEX 94/9/Comunidade Europeia

No dia 1° de julho de 2003, entrou em vigor a Diretiva 94/9/CE (ATEX – ATmosphères EXplosives [Atmosferas explosivas]) que se aplica a aparelhos e sistemas destinados a serem utilizados em atmosfera potencialmente explosiva.

A diretiva diz respeito não somente a aparelhos elétricos, mas também a dispositivos mecânicos que, por serem potenciais fontes de faísca, podem provocar uma explosão.

Os ambientes em que tipicamente são instalados aparelhos de transmissão de potência (petroquímico, farmacêutico, cosmético, fabricação de tintas, tingimento de tecidos, produção de papel, manuseamento de madeira, etc.) estão envolvidos na Diretiva ATEX ao conformar nesta os redutores tanto normais quanto motorizados.

Os redutores S.T.M./G.S.M. – ATEX estão em conformidade com as exigências de projeto extraídas do Grupo II, Categoria 2 e para o funcionamento em zonas com perigo de explosão na presença de gás “G” e de pós combustíveis “D”.


Declaração ATEX:

Módulo: